30/07/2015

Mexeu com uma, mexeu com todas!

Artigo de autoria da diretora da Mulher Trabalhadora do Sindicato Mova-se, Socorro Muniz.

Nós do Mova-se, manifestamos nosso repúdio à produção, divulgação e comercialização de adesivos de automóveis que incitam a violência contra as mulheres na forma de estupro, expondo criminosamente a imagem da presidenta Dilma Rousseff. Esses adesivos foram propagados pelo canal de comunicação G1, vinculado à Rede Globo, como sendo uma “forma de protesto”.

Todos têm o direito de censurar a administração da nação, mas ninguém tem o direito de ultrajar à pessoa da administradora através da utilização e exploração midiática de matéria depreciativa, desrespeitosa e de ódio a imagem da Presidenta da República, fere as leis brasileiras e a própria Constituição, desrespeitando a dignidade da cidadã brasileira eleita e reeleita democraticamente e da instituição Presidência da República.

Habitamos num país democrático em que protestar é um direito e o respeito à liberdade de expressão com responsabilidade política, ética e social é uma obrigação. Mas usar uma simbologia que mostra violência contra as mulheres jamais poderá ser considerada uma forma de expressão, protesto ou argumentação política e sim uma violência contra as mulheres punida como crime.

Não podemos silenciar, nem admitir que atitudes insensatas e patriarcais que divulgam a violência sexual contra as mulheres sejam exaltadas e apregoadas pelos Meios de Comunicação. Essas maneiras comprovam o quanto ainda é grande a luta das mulheres por direitos, por dignidade, por autonomia e principalmente pelo direito de ocupar os espaços de poder.

Faz parte da nossa luta denunciar e enfrentar qualquer forma de violência contra as mulheres e exigir medidas punitivas severas contra essa atitude. Neste caso, cabe à Polícia Federal identificar e punir os culpados seja pela produção, reprodução e divulgação desse material.

Manifestamos nosso apoio e solidariedade à presidenta Dilma e a todas as mulheres que são vítimas da violência no Brasil. Exigimos o fim de todas as formas de violência contra as mulheres!

Socorro Muniz
Diretora da Mulher Trabalhadora do Sindicato Mova-se

RÁDIO WEB

15/01/2018

Spot Plenária dos servidores da saúde

15/01/2018

Spot Dia Nacional de Paralisação

©2003 - 2018. MOVA-SE-Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará
Rua Princesa Isabel, 502 Centro | Fortaleza - Ceará | CEP: 60015-060
Fone/Fax: (85) 3226.0665 | (85) 3226.0642
Site: www.mova-se.com.br | E-mail: falecom@mova-se.com.br

Produzido e atualizado pela Assessoria de Comunicação do MOVA-SE e TEIA DIGITAL